segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Primeira Guerra Mundial - Um livro, um filme


A Filha do Capitão de José Rodrigues dos Santos

A história de uma grande paixão em tempo de guerra .


Quem sabe se a vida do capitão Afonso Brandão teria sido totalmente diferente se, naquela noite fria e húmida de 1917, não se tivesse apaixonado por uma bela francesa de olhos verdes e palavras meigas. O oficial do exército português estava nas trincheiras da Flandres, em plena carnificina da Primeira Guerra Mundial, quando viu o seu amor testado pela mais dura das provas. 



Em segredo, o Alto Comando alemão preparava um ataque decisivo, uma ofensiva tão devastadora que lhe permitiria vencer a guerra num só golpe, e tencionava quebrar a linha de defesa dos aliados num pequeno sector do vale do Lys. O sítio onde estavam os portugueses. 


Tendo como pano de fundo o cenário trágico da participação de Portugal na Grande Guerra, A Filha do Capitãotraz-nos a comovente história de uma paixão impossível e, num ritmo vivo e empolgante, assinala o regresso do grande romance às letras portuguesas.
In gradiva.pt

Feliz Natal de Christian Carion

Este filme inspira-se numa história verídica que aconteceu durante a Primeira Guerra Mundial, na noite de Natal de 1914, em vários locais da frente de batalha. Quando a guerra rebenta no Verão de 1914, surpreende e arrasta milhões de homens no seu turbilhão. E o Natal chega, com a neve e as prendas das famílias e dos Estados-Maiores. Nessa noite, um acontecimento notável vai mudar para sempre o destino de quatro pessoas: um padre escocês, um tenente francês, um tenor alemão e uma soprano dinamarquesa, estrelas da época que, nessa noite de Natal de 1914, se vão encontrar no meio de uma confraternização sem precedentes entre soldados alemães, franceses e escoceses que decidem deixar a espingarda no fundo das trincheiras para irem ter com quem está do outro lado, apertar-lhe a mão, trocar cigarros e chocolates, desejar "Feliz Natal!".
In público.pt

Centenário do fim da 1ª Guerra Mundial

Primeira Guerra Mundial, uma tragédia que moldou o século XX


Desde o atentado de Sarajevo, em 28 de junho de 1914, ao armistício de 11 de novembro de 1918, a Primeira Guerra Mundial deixou 10 milhões de mortos, redesenhou o mapa da Europa, derrubou três impérios, contribuiu para a revolução soviética e deu origem à Segunda Guerra Mundial. Uma guerra europeia que se alastrou a todo o mundo e que moldou o século XX.

Leia o resto da notícia em sapo.pt


terça-feira, 6 de novembro de 2018

Concurso Nacional de Leitura 18-19


O Agrupamento de Escolas Fernando Namora concorre, em todos os escalões, ao Concurso Nacional de Leitura. As provas a nível de escola realizam-se nos dias 11 e 12 de dezembro 2018. As inscrições decorrem até dia 16 de novembro na biblioteca ou junto do professor de Português.

Participem!

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Halloween na SMBA










Para celebrar o Halloween, as turmas do 5º ano decoraram as portas das suas salas. Parabéns a todos!









domingo, 28 de outubro de 2018

29.º Amadora BD


29.º Amadora BD 
O Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, promovido pela Câmara Municipal da Amadora, decorre de dia 26 de outubro a 11 de novembro de 2018, no Fórum Luís de Camões.
Este ano, o destaque vai para o Brasil. Foram escolhidos autores de todo o Brasil, premiados nacional ou internacionalmente que produzem, principalmente, histórias em quadrinhos sobre temáticas estruturais ou fraturantes da sociedade brasileira.

O autor em destaque é Francisco Sousa Lobo, vencedor do Prémio de Melhor Álbum Português de Banda Desenhada de 2017, com a publicação “Deserto / Nuvem” (ed. Chili com Carne).



quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Eu ♥ biblioteca escolar - Outubro: Mês Internacional da BE



Convidamos a comunidade escolar a refletir sobre a sua BE.

Porque é que gostamos da biblioteca escolar? 
O que não gostamos na Biblioteca Escolar?

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Agora sei o quão finita me tornei


Uma aluna da Escola Secundária Fernando Namora, venceu a 9ª edição  do concurso FAÇA LÁ UM POEMA,  2018 - Nível de Ensino - 3.º Ciclo



Agora sei o quão finita me tornei
que dobrei a esquina de uma parte
da vida comprida
sem fumo, sem fogo, fugaz num fôlego
Perdi a minha infância,
feliz e divertida...
O zénite sem retorno anunciou-se eterno
e é também dolente o meu respirar novo
que mágoa me chega quando julgo
que me descubro?
Que lágrima tardia de mim se assomou?
Quero-te onde estás
Quero-te onde não te alcanço
Quero-te onde quero tudo
Estás lá em parte e não estás lá de todo!
Que parte de ti em mim resta?
Que resto de mim te perpetua
de forma breve?
Que vazio o mundo regista?
Dói-me algo em mim que se adormece...
Quero acordar rejeitando a verdade
crendo que ainda sou criança e que
comigo fica a infância
que o sono reparador tudo reporá
Quero voltar atrás depressa, depressa, já!
Imagino-te onde não estás
Imagino que ainda te alcanço
Imagino-te em todo o lado
E sei que estás lá em parte
mas não estás lá de todo!

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

A Maior lição do Mundo

 A Maior Lição do Mundo (AMLM) decorreu hoje, dia 10 de outubro, pelas 11 horas, no Agrupamento de Escolas de Alcanena. Contou com as presenças do Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues entre outras personalidades.

Este ano, A Maior Lição do Mundo associou-se às comemorações dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e dos 40 anos da adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos Humanos.
As turmas do 4º ano da EB1/JI da Brandoa participaram nesta atividade, na BE e na sala de aula. É de destacar os direitos das crianças e as palavras do Presidente da República em relação ao papel da Escola: "Aprender a estar e a gostar dos outros".