quarta-feira, 10 de outubro de 2018

A Maior lição do Mundo

 A Maior Lição do Mundo (AMLM) decorreu hoje, dia 10 de outubro, pelas 11 horas, no Agrupamento de Escolas de Alcanena. Contou com as presenças do Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues entre outras personalidades.

Este ano, A Maior Lição do Mundo associou-se às comemorações dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e dos 40 anos da adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos Humanos.
As turmas do 4º ano da EB1/JI da Brandoa participaram nesta atividade, na BE e na sala de aula. É de destacar os direitos das crianças e as palavras do Presidente da República em relação ao papel da Escola: "Aprender a estar e a gostar dos outros".




sábado, 22 de setembro de 2018

Leituras de Verão


Triste por acabar um bom romance.
Mais um livro de Joël Dicker, que lembra, pela sua estrutura, o seu grande sucesso, A Verdade sobre o Caso Harry Quebert, capítulos curtos, várias personagens que descobrimos ao longo do romance; um crime por desvendar e pistas que nos leva ao engano até ao final.

Sinopse
Na noite de 30 de Julho de 1994, a pacata vila de Orphea, na costa leste dos Estados Unidos, assiste ao grande espectáculo de abertura do festival de teatro. Mas o presidente da Câmara está atrasado para a cerimónia… Ao mesmo tempo, Samuel Paladin percorre as ruas desertas da vila à procura da mulher, que saiu para correr e não voltou. Só pára quando encontra o seu corpo em frente à casa do presidente da Câmara. Dentro da casa, toda a família do presidente está morta.

A investigação é entregue a Jesse Rosenberg e Derek Scott, dois jovens polícias do estado de Nova Iorque. Ambiciosos e tenazes, conseguem cercar o assassino e são condecorados por isso. Vinte anos mais tarde, na cerimónia de despedida de Rosenberg da Polícia, a jornalista Stephanie Mailer confronta-o com uma revelação inesperada: o assassino não é quem eles pensavam, e a jornalista reclama ter informações-chave para encontrar o verdadeiro culpado.

Dias depois, Stephanie desaparece.

Assim começa este thriller colossal, de ritmo vertiginoso, entrelaçando tramas, personagens, surpresas e volte-faces, sacudindo o leitor e impelindo-o, sem possibilidade de parar, até ao inesperado e inesquecível desenlace.

O que aconteceu a Stephanie Mailer?
E o que aconteceu realmente no Verão de 1994?
In FNAC


O livro a História de Uma Serva (The Handmaid's Tale) foi mundialmente destacado graças à sua adaptação para série televisiva, que ganhou oito Emmys, entre eles os de Melhor Série Dramática e Melhor Atriz de Série Dramática.
Um livro que nos faz pensar … e se houvesse problemas na continuidade da espécie humana, se a infertilidade se espalhasse por muitas mulheres, o que aconteceria às mulheres férteis? Será que perderão a sua liberdade e serão simples máquinas de procriação?

SINOPSE
Uma visão marcante da nossa sociedade radicalmente transformada por uma revolução teocrática. A História de Uma Serva tornou-se um dos livros mais influentes e mais lidos do nosso tempo.
Extremistas religiosos de direita derrubaram o governo norte-americano e queimaram a Constituição. A América é agora Gileade, um estado policial e fundamentalista onde as mulheres férteis, conhecidas como Servas, são obrigadas a conceber filhos para a elite estéril.
Defred é uma Serva na República de Gileade e acaba de ser transferida para a casa do enigmático Comandante e da sua ciumenta mulher. Pode ir uma vez por dia aos mercados, cujas tabuletas agora são imagens, porque as mulheres estão proibidas de ler. Tem de rezar para que o Comandante a engravide, já que, numa época de grande decréscimo do número de nascimentos, o valor de Defred reside na sua fertilidade, e o fracasso significa o exílio nas Colónias, perigosamente poluídas. Defred lembra-se de um tempo em que vivia com o marido e a filha e tinha um emprego, antes de perder tudo, incluindo o nome. Essas memórias misturam-se agora com ideias perigosas de rebelião e amor.

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Boas Férias! Excelentes leituras!



A equipa da BE deseja a todos umas boas férias. Aproveite para relaxar e ler um bom livro.


Veja os livros recomendados para este verão pelo Diário de Notícias.

. A Gargalhada de Augusto Reis, de Jacinto Lucas Pires 
O  Homem-Tigre, de Eka Kurniawan
. Como a Sombra que Passa de Antonio Muñoz Molina
O Fiel Defunto  de Germano Almeida
As Janelas do Céu de Gonzalo Giner

terça-feira, 19 de junho de 2018

Escola de verão de Matemática

Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, com o apoio do Centro de Matemática e Aplicações, acolherá a 9ª edição da Escola de Verão de Matemática, a MatNova2018, de 4 a 8 de Setembro de 2018.
Esta escola destina-se a alunos de excelência do Ensino Secundário, preferencialmente com o 10º ou o 11º ano de escolaridade concluído. Em alguns casos, poderão ser aceites pedidos de inscrição de alunos de outros anos de escolaridade.
Mais informações em MatNova 2018

Ocupação Científica de Jovens nas Férias



Este ano,  o núcleo Ciência Viva lança o programa-piloto Começar Cedo, para os alunos do 8º e 9º ano do ensino básico, um programa de estágios inteiramente vocacionados para as Tecnologias e Competências Digitais.

Mais informações em Ciência Viva Estágios.

Solução do Problema de Matemática de Maio

Eis a solução do último problema deste ano!


terça-feira, 29 de maio de 2018

No dia 24 de maio, Almada acolheu a final da Área Metropolitana de Lisboa, no âmbito do 12.º Concurso Nacional de Leitura. Em competição estiveram 64 alunos, do 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário, de 17 concelhos.
O 2º e 3º ciclo do concelho de Amadora foram representados por dois alunos do nosso Agrupamento - Beatriz Gavriliuc do 6ºB e Rafael Albasno do 8º5.
Esperando a prova escrita
Parabéns aos participantes! 

Lembrar Maio 68

No dia 25 de maio, os alunos do 8º ,  9ºanos e o 11º 4 simularam uma manifestação, lembrando assim as manifestações de Maio 68. Foi também o momento para acabar de expor os trabalhos sobre este acontecimento na papelaria e de ver "os murais" que tinham sido pendurados, na véspera, no exterior. Houve ainda tempo para dançar, na sala de professores ao ritmo da musica YéYé.





terça-feira, 22 de maio de 2018

Júlio Pomar

Em homenagem a Júlio Pomar, vejam este artigo do Observador 

Fotogaleria. 27 obras emblemáticas de Júlio Pomar em imagens




Maio 68 , 50 anos


Para assinalar os 50 anos de Maio 68, os alunos do 8º e 9º anos trabalharam nas aulas de História, Francês e Educação Visual este acontecimento que marcou a França e o mundo. 

Made with Padlet

domingo, 13 de maio de 2018

O que se passa na cabeça do meu adolescente?


Realizou-se no dia 2 de maio, no âmbito do Projeto de Ações de Melhoria do Agrupamento, uma sessão para Pais/EE subordinada ao tema "O que se passa na cabeça do meu adolescente?", com a presença da Psicóloga Cristina Valente
A iniciativa foi promovida pelos Serviços de Psicologia e Orientação Escolar em parceria com o Projeto EPIS, o Projeto de Promoção e Educação para a Saúde, a Biblioteca Escolar e a Equipa de Autoavaliação e contou com a preciosa colaboração dos alunos/as da turma AP11 e da Professora Filipa Marcos, que receberam os participantes com uma pequena dramatização, Querido Diário, inspirada no tema. Esta performance foi repetida na sala de professores no dia 10 de maio.




Eis algumas falas da pequena dramatização:

Hoje o meu dia foi meio estranho…sinto um turbilhão de emoções!
Mas porque é que eu não posso ir à festa da minha amiga e chegar às 4 da manhã??? Eu tenho 17 anos … sei que não sou um adulto mas também não sou nenhum bebé!
Não consigo desabafar com ninguém … não me sinto propriamente triste, mas sinto um grande vazio dentro de mim. Isto é tudo muito confuso para mim, então prefiro manter-me sozinho e não chatear ninguém com os meus problemas.


quinta-feira, 26 de abril de 2018

O que se passa na cabeça do meu adolescente



O Agrupamento de Escolas Fernando Namora, da Brandoa, vai realizar no dia 2 de maio pelas 18:00 horas, no auditório da Junta de Freguesia de Encosta do Sol, uma sessão para Pais e Encarregados de Educação intitulada “O que se passa na cabeça do meu filho?” com o objetivo de partilhar estratégias, conselhos práticos e ferramentas úteis que ajudam a perceber os comportamentos dos adolescentes, a compreender o seu cérebro, as mudanças porque passam, as suas emoções, a melhor comunicar com eles.
Estará presente Cristina Valente, psicóloga e autora do livro “O que se passa na cabeça do meu adolescente”.



Com estratégias, conselhos práticos e ferramentas úteis, O Que se Passa na Cabeça do Meu Adolescente? ensina-nos a perceber os comportamentos, a compreender o seu cérebro, as mudanças porque passam, as suas emoções, a melhor comunicar com eles, sem discussões nem lutas de poder.

Cristina Valente garante-nos que o melhor que podemos dar aos nossos filhos adolescentes é a capacidade para saber tomar boas decisões, escolher o seu caminho e dar-lhes asas para voar em segurança.



terça-feira, 24 de abril de 2018

25 de abril 2018 - Conferência/Debate com Manuel Duran Clemente


0 grupo disciplinar de História dinamizou no passado dia 18 de abril, na sala B4, pelas 14:30H., uma Conferência/Debate, com a presença do Coronel Manuel Duran Clemente - Capitão de Abril em 1974 -, o qual forneceu a sua visão sobre os antecedentes, preparação do golpe e os acontecimentos subsequentes da Revolução. Esta atividade contou com a presença dos alunos do 12º ano de Humanidades e alguns discentes do 8º e 9º anos, os quais, após a conferência, questionaram o convidado para esclarecimentos sobre esta temática. Esta conferência/debate permitiu salientar a importância de testemunhos na 1ª pessoa no sentido dos alunos compreenderem e aumentarem os seus conhecimentos históricos relativamente a este acontecimento tão relevante da nossa História recente.






Encontros com Isaac Jaló e António Cortez


Isaac Jaló
Na terça-feira 10 de abril, 1º dia da Semana da Leitura, os alunos da ESFN tiveram a oportunidade de ouvir dois poetas, Isaac Jaló e António Carlos Cortez.
Na sessão das 10h00, Isaac Jaló, jovem escritor, muito próximo da faixa etária dos nossos alunos do secundário, contou como começou a escrever. Quis ser jogador de futebol, rapper mas a sua vocação era a escrita. Nesta sessão leu poemas e apresentou a sua recente obra, Islâmicos 14:58, que aborda a cruel realidade da mutilação genital feminina.
Os alunos gostaram, estranharam a sua idade e ter começado a escrever tão cedo. Sentiram-se bem porque, como muitos disseram, o Isaac é como nós.

António Carlos Cortez
Na sessão das 12h00, os alunos de três turmas de 11º ano assistiram a uma aula sobre Antero de Quental, dada pelo poeta, ensaísta e professor António Cortez. Nesta aula, António Cortez chamou a atenção dos alunos para ler bem o texto, descodificar cada verso e escrever nas margens o sentido de cada um; conhecer também a época em que viveu o autor.
Foi um momento muito rico em que os alunos aproveitaram para tirar apontamentos sobre os 2 poemas analisados e trocar opiniões com o professor sobre o que é a poesia, se há alguma poesia na letra das músicas rap, a ditadura dos meios tecnológicos.

Um grande obrigado aos nossos convidados! 


segunda-feira, 23 de abril de 2018

Encontros “Leitura em Família” - SMBA


Integrados na Semana da Leitura 2018, realizaram-se três encontros na BE denominados “Leitura em Família”, com a participação de alunos de algumas turmas do 5º e 6º ano e de 3 Encarregados de Educação, dois tiveram lugar na 4º feira, 11/04, no último bloco letivo do período da manhã e um na 6ª feira, 13/04, no primeiro tempo letivo.
Todos os intervenientes participaram numa informal “troca de ideias” resultantes das suas leituras.
Pareceu-nos que estas iniciativas cumpriram os seus principais objetivos:

Promoção e incentivo à leitura dos jovens e intervenção crítica dos pais e educadores presentes, a propósito da sua experiência.



Outras Atividades da Semana da Leitura

Leitura Expressiva
Leitura Expressiva


Escrita Criativa





EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS



Quiz Multilingue - Kahoot



sábado, 21 de abril de 2018

O que andamos a ler ...

Mais um momento fantástico da Semana da Leitura 18. 
Num ambiente informal, um grupo de alunos do 10º, 11º e 12º ano partilharam as suas leituras. 
Eis a opinião da aluna  Inês Pedro do 12º1

No âmbito da disciplina de português, foi realizada na passada sexta feita uma atividade sobre “o que andamos a ler”, na qual os alunos do ensino secundário tiveram a oportunidade de falar entre si, e para um público estudantil, sobre as suas experiências literárias.
Nesta tertúlia participaram alunos das turmas 10º 1 e 2, 11º 2 e 12º 1 e 6 e as suas respetivas professoras. Apesar de estarmos perante uma audiência e isso poder causar desconforto a alguns, todos os alunos se mostraram interessados em participar e o ambiente tornou-se positivamente informal, onde se trocaram opiniões sobre livros, como “A Divina Comédia”, “O vendedor de passados” entre outras obras pertencentes ao Projeto de Leitura.
Nesta troca de opiniões, todos os alunos foram igualmente ouvidos e, por vezes, confrontados com opiniões diversas, que permitiram estimular novas opiniões e despertar novos interesses, levando à divulgação de novos e interessantes livros, não só aos alunos como também aos professores.
Esta atividade assume uma maior relevância não só na divulgação direta dos livros, mas principalmente no ato de leitura em si, como um estímulo da nossa mente e um abrir de olhos para diferentes aspetos nunca antes considerados nas nossas vidas e no nosso dia a dia e para todos os conhecimentos que os livros nos podem trazer, sendo livros científicos ou simplesmente ficção.
A leitura, por vezes, é desprezada por alguns, contudo dá-nos uma formação e capacidade de interpretação e sentido crítico necessários para ultrapassar certos desafios do nosso quotidiano.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

E as estrelas brilharam...


Parabéns aos alunos do 5º e 6º ano da SMBA que participaram na performance Teatral O menino que colecionava estrelas. Foram 2 momentos bem-sucedidos em que todos brilharam e partilharam com os colegas e os convidados a mensagem que o mundo é composto por pessoas com ritmos diferentes mas que todos podem ser amigos.







Um grande obrigado a Ana Kerley que permitiu a concretização deste evento e dedicou algumas horas da sua quarta-feira  para  preparar estes alunos.

Veja a reportagem  da tvamadora

domingo, 15 de abril de 2018

Alunos do Agrupamento Fernando Namora serão os representantes do concelho de Amadora na Fase Intermunicipal



Beatriz Graviliuc (6ºB) e Rafael Albano (8º5) venceram as categorias 2º e 3º ciclo da 12ª edição do Concurso Nacional de Leitura, Fase Concelhia,  e representarão o concelho de Amadora na Fase Intermunicipal e Áreas Metropolitanas, que se realizará no mês de maio na biblioteca municipal de Almada, habilitando-se a passar à fase final.



Os vencedores da Fase Municipal - Amadora

Os nossos representantes com a escritora Luísa Ducla Soares